Tomar medicamentos para dormir tem seus riscos, e há que tirá-los com muito cuidado, se você está tomando ou pensas começar a tomá-los, preste atenção às precauções na hora de tomar medicamentos para dormir. Muitas pessoas recorrem aos medicamentos para dormir para dormir, já que a insônia e a falta de sono se tornaram algo comum em suas vidas, o que pode levar a sofrer consequências potencialmente graves, como dores de cabeça, apatia, irritabilidade e depressão, entre outros Precauções ao tomar medicamentos para dormir Tome as seguintes precauções antes de tomar medicamentos para dormir. Converse com seu médico sobre seus problemas de sono Se você sofre de insônia, consulte o seu médico antes de tomar medicamentos para dormir, para obter um diagnóstico adequado e leia com atenção as instruções para conhecer seus efeitos colaterais. Discuta com o seu médico qualquer medicação que esteja a tomar Às vezes tomar os dois medicamentos sem consultar antes, podem causar interações indesejadas e perigosas. Toma o medicamento antes da hora de deitar Programa o tempo de forma adequada, para que não te acordar cedo do que o devido, já que é a chave que te metas na cama cerca de 15-20 minutos após tomar o medicamento. Informe ao seu médico sobre os efeitos secundários durante o dia É necessário que o médico conheça estes efeitos, se tem que baixar a dose ou trocar o medicamento. Realiza mudanças no seu estilo de vida Certas mudanças na dieta podem melhorar o sono em pessoas com insônia, além disso, você deve evitar cochilos durante o dia, e também cafeína, álcool e tabaco, pelo menos 4-6 horas antes de dormir. Não misture medicamentos para dormir com álcool ou outras drogas É uma precaução básica na hora de tomar medicamentos para dormir ou qualquer outro medicamento. Esta mistura pode provocar interações adversas, como o aumento do efeito sedativo, confusão, tonturas e fraqueza. Não conduzcas,nem dirija maquinaria pesada depois de tomar medicamentos para dormir Nessas situações, o estado de alerta diminui e podem ser perigosas. Não aumentar a dose por sua conta Isso cria maior tolerância ao medicamento e pode levar à dependência física e corre-se o risco de ter um comportamento complexo relacionado com o sono. Não demores a medicação abruptamente Se você tem estado a tomar medicamentos para dormir durante um período prolongado, não demores abruptamente, para evitar os sintomas de abstinência, como ansiedade, náuseas e dores musculares. É muito importante que tenha em conta esta precaução com os medicamentos para dormir.

Post Navigation