A fascite plantar causa dor na planta do pé, mais concretamente, na parte inferior do calcanhar, principalmente porque os ligamentos da fáscia plantar sofrem muito desgaste, principalmente pelo excesso de pressão nos pés, que pode danificar ou romper os ligamentos, causando dor no calcanhar e rigidez. Nesta ocasião, através do nosso blog de Saúde-vos temos como tratar a dor na planta do pé. Causas da fascite plantar No que diz respeito às causas de lafascitis plantar, os que sofrem este irritante dor na planta do pé tendem a ter excesso de peso, ser obesos ou estar grávidas. Também podemos falar de pessoas com trabalhos muito ativos, corredores de fundo, calçado inadequado, pés com arco muito elevado ou pés planos, principalmente. Sintomas da fascite plantar Os sintomas da fascite plantar são dor, rigidez e em algumas ocasiões ardor na parte inferior do calcanhar, que se desenvolve gradualmente com o tempo. Afecta a um só pé, mas pode afetar ambos. A dor na planta do pé é aumentada pela manhã, ao dar os primeiros passos, ou se você tem estado sentado ou deitado durante muito tempo, assim como depois de uma atividade prolongada, ou no descanso, depois de realizar uma atividade. Tratamento para dor na planta do pé O tratamento para a dor na planta do pé concentra-se na redução da inflamação: REMÉDIOS CASEIROS PARA A DOR NA PLANTA DO PÉ -É imprescindível ficar descalço e aplicar gelo durante 15 a 20 minutos, três ou quatro vezes ao dia para reduzir a inflamação. -Utilizar suportes para o arco do pé no calçado. -Realizar exercícios de alongamentos. –Medicamentos anti-inflamatórios não-esteróides como o ibuprofeno. TRATAMENTOS MÉDICOS -Se os anti-inflamatórios não aliviam a dor na planta do pé, você pode aplicar uma injeção de corticosteróides diretamente na seção danificada do ligamento ou na pele do calcanhar ou no arco do pé, para mais tarde aplicar uma corrente elétrica indolor para deixar que o esteróide passa através da pele e dentro do músculo. –Fisioterapia, tentando esticar a fáscia plantar e os tendões de Aquiles, assim como exercícios para fortalecer os músculos inferiores da perna, para estabilizar o pé e diminuir a carga sobre a fáscia plantar e, assim, reduzir a dor na planta do pé. -As moldeiras noturnas podem ajudar a esticar a canela e o arco do pé. Estas últimas são um tipo de braçadeira que prende o pé em uma posição flexionada e prolonga a fáscia plantar e do tendão de Aquiles durante a noite, o que pode prevenir a dor e a rigidez da manhã. –Aparelhos ortopédicos especiais para os sapatos podem ajudar a aliviar a dor na planta do pé e distribuem a pressão para evitar maiores danos à fáscia plantar. –Terapia de ondas de choque extracorpórea no calcanhar para estimular a cicatrização do ligamento, embora este tratamento tem o inconveniente de que pode resultar em hematomas, inchaço, dor e dormência, e não se demonstrou ser eficaz no alívio dos sintomas. –Cirurgia, em caso de dolo da planta do pé muito intenso.

Post Navigation