O esporte é um dos hábitos mais saudáveis que podemos incluir em nossa vida diária, mas sempre é conveniente tomar uma série de precauções para evitar colocar em risco o nosso próprio bem-estar. Com a chegada das altas temperaturas, aliadas ao esforço físico que envolve uma disciplina esportiva determinada, nossa pele pode enrojecerse como consequência de nossa extrema, transpiração e de não portar o material adequado, quer saber como evitar as irritações da pele?, se o temos nas próximas linhas. O running, ou o que tradicionalmente é conhecido na sociedade como "correr", tornou-se uma tendência cada vez mais reconhecida pelas pessoas no mundo esportivo, além de outras como o ciclismo ou o trekking. Especialmente com a chegada da época de verão, o interesse para esse tipo de atividade vai despertando com maior força no interior de muitos que vêem neste tipo de hábitos a oportunidade para combater a concentração das gorduras desnecessárias em determinadas zonas do nosso organismo. No entanto, para além de meras questões estéticas, o esporte pode se transformar em um hábito recomendado para fortalecer os músculos e evitar cair na obesidade, causador de diversas doenças. Além disso, a corrida apresenta-se como a via de escape perfeita para expulsar do nosso interior todo esse estresse acumulado ao longo do dia. No entanto, apesar das muitas vantagens que um esporte como a corrida pode oferecer, o certo é que também temos de ser cauteloso na hora de praticá-lo. Um dos riscos a que nos podemos ver sujeitos, sobre tudo durante os meses de verão, é a irritação cutânea gerada pela transpiração excessiva, que aflora pelos diferentes poros de nossa pele quando fazemos um esforço maior do que o habitual, sob os chiam raios do sol. A irritação nas áreas mais sensíveis de nossa pele apresenta-se desta forma como um verdadeiro obstáculo para empreender nossa atividade esportiva com total comodidade. Como prevenir a irritação nas zonas mais sensíveis da pele Em nossas mãos, temos os recursos e a capacidade para prevenir a irritação nas zonas mais sensíveis da pele, começando, por exemplo, por levar roupa e calçado de qualidade, ou seja, distante de materiais ou tecidos sintéticos responsáveis de assaduras e irritações antes mencionadas. Desta forma, obteremos como resultado uma pele mais avermelhada e áspera, especialmente em áreas mais frágeis do nosso corpo. Estamos Nos referindo, por exemplo, os limites localizados em torno das axilas, lugar sobre o qual podemos aplicar um pouco de vaselina para evitar qualquer irritação a respeito após a realização do exercício. Outra das áreas mais delicadas são as coxas, por essa mesma razão, temos de adquirir roupa apertada ao corpo, porque aquelas roupas mais folgadas farão com que tais coxas se acabar esfregando e provocando atrito. Também não nos podemos esquecer do calçado, um dos pilares fundamentais a ter em conta para os fãs de corrida, pois isso vai depender em boa medida, a saúde dos pés. Em qualquer caso, se, ao igual que a roupa, optamos por materiais de qualidade, não correremos risco algum, já que podemos limitar as assaduras e irritações. Uma vez que tenhamos feito a nossa atividade esportiva preferida e nos tenhamos dado um banho relaxante e reconfortante, o ideal seria aplicar uma pomada em prol de restaurar a nossa pele para adiantar nada sobre as possíveis arranhões ou irritações que podem ameaçar a nossa superfície cutânea após a prática do exercício em questão. Através do nosso blog de Saúde, recomendamos ligar para a pomada regeneradora deHalibut, rica em vitamina A, que ajuda a normalizar a pele seca e desidratada, além de potenciar a regeneração das células epidérmicas que se tenham podido ver mais danificadas. Halibut, além de restaurar as peles mais delicadas, também serve de escudo contra possíveis escoceduras e irritações e previne a formação de rachaduras na pele. Tudo isso é possível graças a que, na sua composição encontramos ingredientes que estimulam a regeneração da pele e possuem efeitos calmantes e cicatrizantes. Entre outros, além da vitamina A antes indicada para uniformizar a pele seca e desidratada, as pomadas de Halibut também contêm lanolina, que atrai e redistribui a umidade, e o óxido de zinco, que atua como "efeito de barreira". Para aplicar este tipo de pomadas só, você tem que limpar e secar bem a área a tratar, revestidos com uma camada de pomada e estender em forma de massagem umas duas ou três vezes ao dia. Mas vós?, tendes usado em mais de uma ocasião, as pomadas de Halibut?, o que vos parecem os seus efeitos calmantes e cicatrizantes sobre a pele?

Post Navigation