Você sabe qual é a melhor forma de introduzir as crianças em jogos de vídeo?, te apresentamos algumas dicas do nosso blog de Saúde. Os jogos podem ser um grande aliado para ensinar nossos filhos a serem mais responsáveis, aprender a socializar-se ou para tomar decisões. A conhecida psicóloga infantil e diretora do Centro BEM, Rocío Ramos-Paulo, explica na web o Seu Primeiro Console dez dicas para introduzir as crianças no mundo dos jogos, e exemplifica com casos em que diferentes instituições e escolas têm se valido das vantagens dos jogos preferidos das crianças, como cavalo de Tróia para ensinar matérias como Economia, Inglês, Educação Emocional ou gerenciar um negócio. "O lazer digital em crianças é uma realidade que não pode passar despercebido. Proibir o seu uso não é a solução", observa a psicóloga. Assim, em vez de queimar as máquinas que permitem a Revolução Industrial, o melhor vai tirar proveito. Um exemplo: Orvalho assegura que os jogos eletrônicos que simulam relações sociais podem ser utilizadas para que as crianças vejam como se pode reagir a situações de conflito. Sonia Martínez, psicóloga especialista em Educação Emocional, está de acordo, e não só isso, mas que foi utilizado Tomodachi Life (simulador em que a criança convive com personagens criados por ele mesmo) para ensinar habilidades sociais em estudantes do ensino Básico. "Os jogos eletrônicos podem ser uma forma divertida para que tanto as crianças como os pais se eles saem às novas tecnologias juntos", garante a psicóloga Ramos-Pául. A chave está, segundo afirma, em encontrar um hobby, com o que passar o tempo juntos e com o que, além disso, o pai pode estabelecer controle sobre o conteúdo do jogo. Então, como se pode educar com jogos de vídeo? Os jogos não têm por que educar por si mesmos, mas parece que alguns sim podem te dar um cabo. Bankinter, por exemplo, foi usado o jogo Animal Crossing: New Leaf para ensinar Economia para crianças da Terceira série do ensino Fundamental de vários colégios da Comunidade de Madrid. O Centro de Acolhimento de Animais da Comunidade de Madrid (CIAAM) trabalha com Nintendogs Cats para verificar que os futuros adotantes para animais de estimação são conscientes da responsabilidade que implica ter um cão, e a marca de moda infantil Vela ensinou as bases para empreender um negócio de moda para crianças de 13 a 17 anos com o jogo New Style Boutique durante os acampamentos organizados no verão. Como introduzir as crianças em jogos de vídeo Rocío Ramos-Paulo elaborou um decálogo para ajudar qualquer pai inexperiente a introduzir os filhos no mundo do videogame. – Jogue com seu filho, encontrarão um hobby, com o que passar o tempo juntos e estabelecer controle sobre o conteúdo do jogo. – O lazer digital em crianças é uma realidade que não pode passar despercebido. Se nossos filhos associam o jogo em momentos de dispersão e, além disso, têm outras atividades, estaremos educando na distribuição de seu tempo livre. – Para jogar um jogo é conveniente analisar previamente se a criança é capaz de jogar sem obsessão: você deve entender as regras de uso e ter claro quais são seus pais que lhe permitirão jogar, ou não. – Proibir o seu uso não é a solução: definir as regras, as conseqüências de incumplirlas e ser constante na aplicação destas, sim. Assim a criança vai adquirir autocontrole. – Muitos jogos que acompanham o desenvolvimento da imaginação, da criatividade, estimula a memória e estimulam a atenção. Informe-se antes de comprar um jogo. – Muitos jogos têm implícito se relacionar com os outros, favorecendo o desenvolvimento de habilidades sociais. – Se lhe preocupam os conteúdos inadequados, pergunte aos especialistas e, se a consola permite, restrínjalos com o Controlo Parental. – Jogar é muito mais simples do que parece. Ligue o console e deixe que o jogo lhe vá conduzindo-o: você pode então compartilhar essa experiência com seus filhos. – O aumento de dificuldade em um jogo é paralelo ao aumento da destreza necessária para superá-lo: isso pode ser positivo para a autoestima da criança. – Os jogos podem ser uma forma amena de que tanto você como seus filhos se eles saem às novas tecnologias juntos. Para uma informação adicional, sugerimos a leitura de nosso artigo "Os jogos eletrônicos e seus benefícios" O que vos parecem essas dicas para introduzir as crianças em jogos de vídeo?

Post Navigation